quinta-feira, 28 de março de 2013

Clô Orozco


Hoje não é um post bacana, porque faleceu uma das minhas estilistas favoritas, Clô Orozco, fundadora da marca Huis Clos. Conheci ela em um programa especial, Clô estava toda charmosa com um lenço na cabeça. 
A marca  foi criada em 1979 quando Clô assumiu o dom natural pela moda. Na época, a futura estilista era estudante universitária de sociologia e aluna de um curso de teatro.



Politizada e engajada, Clô fazia por hobby algumas peças em batique, uma técnica manual de impressão em tecido originária da Indonésia e popularizada pela geração hippie. 
Em pouco tempo estava criando e costurando roupas no ateliê de alta costura de uma tia na rua Augusta. As peças logo chamaram a atenção de algumas marcas, entre elas a Snoopy, da Traudi Guida, sócia da loja Le Lis Blanc. 

O surgimento da Huis Clos foi uma conseqüência natural dessa meteórica trajetória. O nome é uma expressão idiomática francesa e também o título de uma peça do filósofo Sartre, que muito influenciou a juventude dos anos 70. Além, é claro, de a palavra "Clos" referir-se, sonoramente, à estilista. Fonte


Esse foi um dos primeiros videos, que eu vi dela, mostrando os Bastidores do SPFW, Outono Inverno 2009.

Outono Inverno 2008.

Antes de começar a faculdade, vi uma reportagem e Clô usava um lenço, e aquilo me deixou apaixonado por ela. Então procurei mais e achei a coleção Outono Inverno daquele ano.


Huis Clos (Riachuelo)
Todo mundo entende minha paixão por lenços? 

Paixão.



Clô Orozco


Por hoje é só
Jú Petit.


Nenhum comentário:

Postar um comentário