sexta-feira, 12 de abril de 2013

#Cinema - O Casamento de Muriel

Antes do texto, uma ressalva: busquei fugir de qualquer spoiller do filme, já que a seqüência de acontecimentos dá o tom de humor e drama da história, e qualquer anuncio perderia o efeito durante o filme.


Logo na primeira cena do filme O Casamento de Muriel (Muriel´s Weeding, 1994, como que de uma forma abrupta, somos inseridos no ambiente problemático e cheio de informação mas vazio de conteúdo em que a protagonista vive.



Vamos nos situar: O filme conta a história de Muriel, uma garota gorda que não se encaixa em nenhum padrão da cidade onde vive. Desde não ser bonzeada, morando em uma cidade costeira, a sua familía, bem distante das familias que vemos em propagandas de margarina.


Logo nos 10 minutos iniciais, vemos que Muriel não é bem quista pelas amigas, sua casa é totalmente desestruturada, seu pai é um calhorda e sua mãe omissa. Muriel se isola do mundo ouvindo Abba em seu quarto, sonhando casar de véu e grinalda com recortes de revistas por todo o quarto. Este cenário devastado que nos faz, em parte, compreeder o isolamento e o deslocamento de Muriel.



Mas tudo isso muda quando, a partir de uma mentira e de um golpe, Muriel encontra uma amiga de escola, Rhonda. Essa amiga é quem tira Muriel da passividade, nos brindando com um momento crucial à história e épico ao som de Waterloo.  Assim começam as mudanças (que não serão poucas) que tranformarão Muriel (Mariel?) em um personagem muito mais complexo do que nos foi apresentado no começo do filme e também nos mostra como a falta de conhecimento e experiências podem nos sufocar.


Esta é uma obra que colocaria como um “filme de formação” Todos nos sentimos um pouco Muriel uma vez na vida. Todos nos sentimos o patinho feio em alguma etapa da vida. Todos nós tivemos que crescer e evoluir e assumir nossas responsabilidades. E mesmo deixando de ouvir Abba como uma necessidade de fuga, ainda guardamos nossos cds pra caso seja necessário lembrar de um tempo ruim enquanto buscamos atingir tempos melhores. 

Trailer

O sucesso é a melhor Vingança!
Beijos Bruno Brigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário