quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Hidratação com parafina

Olá Moderninhos!

Em primeiro lugar, eu quero desejar um Feliz ano novo a todos, que esse ano seja de muita saúde, amor e sucesso para todos nós! E pra começar o ano bem, eu vim com uma super dica para vocês.

Hidratação com parafina, porque ter o corpo com a pele seca já é horrível, agora, ter as mãos e os pés ásperos e feios, ninguém merece, né?! A parafina é o produto eficaz contra esse problema chato, que tanto mulheres quanto homens sofrem.

Claro que, usar cremes e óleos, diariamente, ajuda a hidratar a pele do corpo todo, mantendo-a macia e sedosa, entretanto, mãos e pés sofrem bem mais com o ressecamento, tanto no inverno ou no verão. Nessas partes, por diversos motivos, pode haver um ressecamento acentuado, podendo causar até mesmo rachaduras, que podem evoluir para problemas mais sérios. Nestes casos, os óleos e cremes não são suficientes para acabar com o problema, então, é preciso procurar por tratamentos mais eficientes e é ai que a hidratação com parafina entra, ela tem mostrado ótimos resultados, e eu irei explicar como.

Imagem: Reprodução


Como é feita a hidratação

Embora ela seja indicada para os casos de ressecamento mais “graves”, a parafina pode ser usada por qualquer pessoa, de qualquer idade.
De modo geral, a hidratação com parafina é feita em clínicas especializadas em estética. Isso ocorre porque é necessário possuir um aparelho especial para derreter a parafina. Esse aparelho é uma espécie de “banheirinha”, em que as mãos e/ou os pés são mergulhados.

Os pés ou as mãos são mergulhados na parafina líquida, que por sua vez secará rapidamente sobre a pele, formando uma camada espessa e esbranquiçada.
Depois disso, envolve-se a pele com um plástico e, sobre ele, uma luva atoalhada ou uma toalha simples, úmida, dessa forma a parafina permanece agindo, durante 15 ou 20 minutos. Logo em seguida, ela é removida da pele [sai bem facilmente] e, então, aplica-se um creme hidratante ou um gel relaxante, para finalizar o procedimento. Vale ressaltar que, antes da parafina, a pele é limpa, esfoliada e recebe loção adstringente.

A película, que é criada pela parafina, abre os poros, facilitando a penetração dos ativos hidratantes, além de impedir que a água da pele seja perdida. O resultado é muito mais eficaz, tendo uma hidratação mais potente e eficiente.

Esse procedimento pode ser feito de duas maneiras: parafina quente ou fria: A parafina quente, que deve estar a 37º, ajuda a promover a circulação sanguínea. A parafina fria, por exemplo, é indicada para diabéticos, que costumam ter a pele mais fina e sensível.

Hidratação caseira com parafina

Para fazer a hidratação em casa, existem 3 opções:
  1. Vocês podem comprar o aparelho para derretê-la, cujo nome é termocera ou parafineira;
  2. Comprar a parafina especial, derretendo-a de outra forma, entretanto, vale avisar, você pode se queimar;
  3. A terceira opção seriam os produtos a venda, algumas marcas já vendem uma parafina semelhante, que pode ser derretida, igual à cera de depilação. Uma dessas marcas é a Depil Bella.

Caso você resolva optar por qualquer opção acima, recomendo o seguinte: lave bem as mãos ou pés, aplique esfoliante [pode até mesmo ser um caseiro], coloque loção adstringente, faça a hidratação caseira com a parafina, remova a película e hidrate com um creme de boa qualidade.
E pronto, seus pés e mãos não terão mais aquela aparência e toque áspero.

Esse procedimento pode ser feito 2 ou 3 vezes por semana, dependendo da sua necessidade.


Beijinhos, Camila

Nenhum comentário:

Postar um comentário